Amazon Reforestation and Agroforestry Center

Thor Smestad – GoFundMe Campaign - https://acraabrazil.org 

Purpose of this GoFundMe campaign: Raise money for the continued operation and growth of The Alter do Chão Center for Reforestation and Agroforestry in the Amazon (ACRAA).

At ACRAA we believe that we have started something here in Amazon that will make a real difference - this in terms of increasing forest restoration and protection, as well as the development of agroforestry systems that allow people to live sustainably with the land and with greater economic prosperity. Money that we receive from this campaign will help us further these goals.
(Versão em português abaixo)


My name is Thor Smestad. I am a Canadian that lives in Nelson, British Columbia, Canada. I am starting this GoFundMe campaign from a village called Alter do Chão, which is located in the Amazon region of Brazil (Pará state). I work in reforestation and ecological restoration in Canada, and I came to this village in 2019 with the idea to do this work in the Amazon. This is my story.

In late 2019 and early 2020 I was able to purchase two lots in the village here, one along side the other. At the same time I also started to collect seeds from several species of trees growing on the heavily used tourist beaches here, these beaches showing signs of severe degradation.

The seeds were placed in makeshift beds to germinate. At first nothing happening, but then at the end of March 2020 – which was when I was scheduled to return to Canada but all my flights were cancelled due to the pandemic – seeds from one of the species (know locally as Comandá) suddenly all sprouted. Now I had about 100 seedlings to transplant into pots – and so the ACRAA nursery was born.  

It was also at this time that I befriended Diego and Daki (residents here) and learned soon thereafter that they were as passionate about reforestation and agroforestry as I was. They were a natural fit, therefore I hired them when I needed help with the planting of fruit trees on the property. This led to them acting as caretakers of the nursery and property when I finally returned to Canada in June of 2020.

But while I was in Canada, Diego and Daki continued to collect and germinate seeds – Diego from the local beaches and Daki specializing in food producing trees for use in agroforestry. And so the nursery continued to grow. Watering was done through hours of painstaking hand pumping from an artesian well on the property (they laugh about it now).

I was able to return to Brazil again in December of 2020, to a small nursery overflowing with plants, so we enlarged the nursery area by a factor of two (the nursery being that area under shade cloth; here this is essential for the establishment of seedlings under the intense tropical sun). During the next three months (January-March 2021) our priority was to build a water system, which we completed and now consists of a 1500-liter tank atop a five-meter-tall tower, and with a fully automatic solar powered pump. More seeds where collected, germinated and transplanted throughout this period as well.

I was back in Canada again between April and December 2021, but Diego and Daki continued to care for our nursery and start ever more seedlings. At least now they had a water system to help.

So now I am back in Alter do Chão again, arriving here in December of 2021. We have just completed a second expansion of our nursery, and we have also begun to plant. Thus far we have planted trees on two of the village’s beaches, with the help and blessing of the Chief of the local indigenous community. She is very supportive of our work, and even performed a wonderful ceremony during one of our planting events. We have also begun to provide agroforestry tree seedlings to local landowners, these free of charge (and at times well also help to plant them). 

But we also have plans for much larger reforestation and agroforestry work - all this and more is detailed on our website - acraabrazil.org (this site is still under construction; lots more is coming soon).

If you a wondering if all this has been expensive – yes it has. In fact, I have exhausted my personal finances and I am nearly at the end of my credit line as well. So we need help urgently to continue.

Diego, who just happens to have a Brazilian law degree, is currently in the process of registering ACRAA as an official Brazilian NGO (Association). This will open the doors to many funding opportunities, but it will take a little time yet before we obtain this status (we anticipate later this year). Note that we have a Brazilian professional forester working on our team now as well – Waldeir. All our bios are available on the website.

So in summary we have already started reforestation and agroforestry development work here in the Amazon, and we have a number of other projects envisioned for the future. Money we receive from this campaign will be put to direct use in furthering this work, and will really mean more trees planted in the ground.

Thank you for taking the time to read this.

Thor

March 31, 2022

PS - if you feel inspired to come here and help, please do! Be one of our first "Reforestation Tourists."





Versão em Português

Thor Smestad – Campanha GoFundMe - https://acraabrazil.org 

Objetivo desta campanha GoFundMe: Arrecadar dinheiro para a continuidade da operação e crescimento da Alter do Chão Centro de Reflorestamento e Agrofloresta Amazônia.

Na ACRAA acreditamos que iniciamos algo aqui na Amazônia que fará uma diferença real - isso em termos de crescente restauração e proteção florestal, bem como o desenvolvimento de sistemas agroflorestais que permitem que as pessoas vivam de forma sustentável com a terra e com maior prosperidade econômica . O dinheiro que recebemos desta campanha nos ajudará a avançar esses objetivos.

Meu nome é Thor Smestad. Eu sou um canadense que vive em Nelson, Colúmbia Britânica, Canadá. Estou iniciando esta campanha GoFundMe em uma vila chamada Alter do Chão, localizada na região amazônica do Brasil (estado do Pará). Trabalho em reflorestamento e restauração ecológica no Canadá, e vim para esta vila em 2019 com a ideia de fazer esse trabalho na Amazônia. Esta é a minha história.

No final de 2019 e início de 2020 consegui comprar dois lotes aqui na vila, um ao lado do outro. Ao mesmo tempo, comecei também a recolher sementes de várias espécies de árvores que crescem nas praias turísticas muito frequentadas aqui, estas praias apresentam sinais de grave degradação.

As sementes foram então colocadas em canteiros improvisados ​​para germinar. A princípio nada aconteceu, mas no final de março de 2020 – que era quando eu estava programado para retornar ao Canadá, mas todos os meus voos foram cancelados devido à pandemia – sementes de uma das espécies (conhecida localmente como Comandá) de repente todas brotaram . Agora eu tinha cerca de 100 mudas para transplantar em potes – e assim começou o viveiro da ACRAA.

Foi também nessa época que fiz amizade com Diego e Daki (brasileiros) e soube logo depois que eles eram tão apaixonados por reflorestamento e agrofloresta quanto eu. Eles se encaixavam naturalmente, por isso os contratei quando precisei de ajuda com o plantio de árvores frutíferas em a propriedade. Isso os levou a atuar como zeladores do viveiro e da propriedade quando finalmente voltei ao Canadá em junho de 2020.

Mas enquanto eu estava no Canadá, Diego e Daki continuaram a coletar e germinar sementes – Diego das praias locais e Daki especializado em plantas produtoras de alimentos para uso em agroflorestia. E assim o viveiro continuou a crescer. A rega foi feita através de horas de bombeamento manual meticuloso de um poço artesiano na propriedade (agora eles riem disso).

Pude retornar ao Brasil novamente em dezembro de 2020, para um pequeno viveiro cheio de plantas, então ampliamos a área do viveiro por um fator de dois (o viveiro sendo aquela área sob o pano de sombra; aqui isso é essencial para o estabelecimento de mudas sob o intenso sol tropical). Durante os próximos três meses (janeiro-março de 2021) nossa prioridade foi construir um sistema de água, que concluímos e agora consiste em um tanque de 1500 litros no topo de uma torre de cinco metros de altura e com uma bomba totalmente automática movida a energia solar. Mais sementes foram coletadas, germinadas e transplantadas ao longo deste período também.

Voltei ao Canadá novamente entre abril e dezembro de 2021, mas Diego e Daki continuaram cuidando do nosso viveiro e iniciando cada vez mais mudas. Pelo menos agora eles tinham um sistema de água para ajudar.

Então agora estou de volta a Alter do Chão, chegando aqui em dezembro de 2021. Acabamos de concluir uma segunda ampliação do nosso viveiro, e também começamos a plantar. Até agora plantamos árvores em duas praias da vila, com a ajuda e benção do Cacique da comunidade indígena local. Ela apoia muito nosso trabalho e até realizou uma cerimônia maravilhosa durante um de nossos eventos de plantio. Também começamos a fornecer árvores agroflorestais para proprietários de terrenos locais, estes gratuitamente (as vezes tambem os ajudamos a planta-los).

Mas também temos planos para trabalhos de reflorestamento e agrofloresta muito maiores - tudo isso e muito mais está detalhado em nosso site - acraabrazil.org (este site ainda está em construção; muito mais vindo em breve).

Se você está se perguntando se tudo isso foi caro – sim, foi. Na verdade, esgotei minhas finanças pessoais e também estou quase no limite da minha linha de crédito. Por isso, precisamos urgentemente de ajuda para continuar.

Diego, que por acaso tem um diploma de direito brasileiro, está atualmente no processo de registro da ACRAA como uma ONG brasileira oficial (Associação). Isso abrirá as portas para muitas oportunidades de financiamento, mas ainda levará um pouco de tempo antes de obtermos esse status (prevemos ainda este ano). Observe que agora também temos um engenheiro florestal brasileiro trabalhando em nossa equipe – Waldeir. Todas as nossas biografias estão disponíveis no site.

Então, em resumo, já iniciamos o trabalho de reflorestamento e desenvolvimento agroflorestal aqui na Amazônia, e temos vários outros projetos previstos para o futuro. O dinheiro que recebemos desta campanha será usado diretamente na promoção deste trabalho, e realmente significará mais árvores plantadas no solo.

Obrigado por separar um tempo para ler isso.

Thor

31 de março de 2022

PS - se você se sentir inspirado a vir aqui e ajudar, por favor, faça! Seja um dos nossos primeiros "Turistas do Reflorestamento".
  • Kirsten Smestad 
    • $100 
    • 3 d
  • Otso Smestad 
    • $50 
    • 22 d
  • Kristina Molina 
    • $50 
    • 26 d
  • Kevin Neish 
    • $50 
    • 1 mo
  • Anonymous 
    • $25 
    • 1 mo
See all

Organizer

Bjorn Thor Smestad 
Organizer
Nelson, BC