Apoiar a Agricultura no Monte Mimo

In English below...

Uma Estufa para o Monte Mimo

O Monte Mimo é um projecto de agricultura regenerativa, num contexto familiar, localizado no Baixo Alentejo, como uma ilha de biodiversidade no meio da agroindústria.

Desde 2009 estamos a desenvolver as nossas práticas numa linha agroecológica, trabalhando com a terra e em rede com vizinhos, amigos, voluntários... https://montemimo.wordpress.com/

A nossa caminhada trouxe-nos da cidade ao campo, procurando uma vida que nos permitisse autonomia, soberania alimentar... viver um decrescimento sustentado no trabalho com a terra, regenerando a paisagem contribuindo para uma sociedade mais justa, saudável e solidária.

51648422_1601834914654062_r.jpeg
Os primeiros anos foram de observação e instalação das estruturas bases, agricultura de subsistência, criação de laços, filhas a nascerem...

Em 2017 a nossa visão do trabalho com a terra incorporou a necessidade de:
integrar o sistema de produção de hortícolas num sistema regenerativo agroflorestal.
Plantámos a agrofloresta, foram feitos swales e plantadas muitíssimas árvores e arbustos e é no meio destas linhas que estão instaladas as camas produtivas.
51648422_1601834979373188_r.jpeg

Estes swales permitem retenção de água, e onde há água, há vida e onde há vida, há solo.

O solo nos swales está permanentemente coberto, passados 3 anos a sua cobertura é quase na totalidade conseguida pela poda das árvores. As podas das árvores em alguns momentos são destroçadas com o propósito de dar matéria orgânica que é espaçjada superficialmente nas camas produtivas.

Maio de 2019 foi quando iniciámos com a DoZero – Cultura Viva uma AMAP, comunidade que apoia a agricultura. Desde então somos os produtores de horticolas da AMAP Sado e Alvalade, que conta neste momento com uma diversidade de produtos vindos de um total de 5 produtores (azeite, mel, pão, grão, queijo, iogurte, horticolas, sabonetes, …).
Fazemos parte da Rede Portuguesa de Agroecologia Solidária, a rede onde se juntam as 9 AMAPs de Portugal (em França existem cerca de 5000 AMAPs).

Actualmente são 19 co-produtores (pessoas que partilham connosco o risco de abundância e escassez da produção de horticolas) e percebemos o ano passado as dificuldades de uma produção durante o Inverno, devido essencialmente ao frio que se faz sentir nesta região.


Ou seja no Verão de facto há abundância e no Inverno há escassez. Felizmente desde Maio 2020 duplicou o número de co-produtores, o que aporta um sustento financeiro importante para manter viável todo a nossa vida aqui onde lembro que o foco principal é a regeneração da paisagem.

A estufa é a prioridade pois permitirá um fluxo de produção maior, com um continuar de produção durante o Inverno que servirá os co-produtores, que por sua vez com o seu contributo financeiro nutrem esta paisagem, este modo de agricultura regenerativa.
51648422_1601835154543322_r.jpeg
Estamos a desenvolver-nos na prática agroecológica: da vermicompostagem, da compostagem, dos biofertilizantes e bioestimulantes, de trabalhar a terra com um mínimo de mobilização de solo. Fizemos análises ao solo e iremos aplicar uma série de pós de rocha que irão beneficiar a estrutura do solo e a vida existente. Temos animais que integram este sistema pela sua presença, com o estrume enriquecemos o solo, e com o Mimo (muar) trabalhamos a terra com alfaias de tracção animal.

Recebemos pessoas voluntárias que nos ajudam com os trabalhos na horta e na agrofloresta, além do apoio que recebemos dos co-produtores que nos visitam ocasionalmente.
Para melhorar a eficiência do trabalho fazemos um esforço de encontrar ferramentas manuais e de tracção animal adaptadas à nossa realidade: broadfork, cultivador, raspador, tridente...

Com este crowdfunding estamos a pedir o vosso apoio
para comprar uma estufa (8,5m*30m) com o valor total 5000 euros.

Caso esse valor seja ultrapassado será investido em, por prioridades:
– composto 25 m3 a adquirir e incorporar este Outono, valor total 1200 euros.
– pós de rocha, adquiridos e incorporados este Outono, valor total 1500 euros.
– Semeador Jang Seeder, valor total 600 euros.
– Wheel hoe TerraTech, valor aproximado 500 euros, depende dos acessórios.

Este projecto neste momento precisa de dinheiro para investimentos prioritários, contudo seguirá sempre a precisar das mãos, do carinho e da força de todos vós!

GRATIDÃO!!!!!!!!!

A greenhouse for Monte Mimo

The Monte Mimo is a regenerative agriculture project, as a family setting in the Baixo Alentejo, just like a biodiversity island in the middle of the agroindustry.

Since 2009 we are developing our practices in an agroecological way, working with the earth and with a network of neighbors, friends, volunteers …
https://montemimo.wordpress.com/

Our journey brought us from the city to the countryside, searching for a way of life that would bring us autonomy, food sovereignty … living a decrement based on working with the earth, regenerating the landscape and contributing for a fairer, healthier and more solidary society.

The first few years were mainly for observation and installation of basic frames, subsistence agriculture, building a network, the birth of our daughters…

In 2017 our vision of working with the earth incorporated the need of integrating the vegetable production system in a regenerative agroforestry system.
We planted the agroforest, swales were made and lots of trees and bushes were planted, and it is in the middle of these lines that the productive beds are installed.

These swales allow the retention of water, and where is water there is life, and where is life there is soil.

The soil in the swales is permanently covered, after 3 years the coverage is almost totally made by tree pruning. At some moments the tree pruning is shattered in order to give organic matter which is superficially spaced in the productive beds.

In May 2019 we started with DoZero – Cultura Viva an AMAP, a community which supports agriculture. Since then we are the vegetable producers of the AMAP Sado and Alvalade, which at this moment has a diversity of products coming from a total of 5 producers (olive oil, honey, bread, grain, cheese, yoghurt, vegetables, soaps…).
We are part of the Rede Portuguesa de Agroecologia Solidária (Portuguese Solidarity Agroecology Network), a network in which come together Portugal’s 9 AMAPs (in France exist about 5000 AMAP’s).

Currently exist 19 co-producers (people that share with us the vegetable production risk of abundance and scarcity) and last year, mainly because of the low temperatures in this region, we realized the difficulties of a production during the Winter.

In the Summer there is in fact abundance and in the Winter is scarcity. Luckily since May 2020 the number of co-producers doubled, which provides an important financial support to keep our whole life here feasible, reminding you that our main focus is to regenerate the landscape.

The greenhouse is the priority because it enables a bigger production flow, giving our co-producers a continuing production during the Winter, who on the other hand nourish this landscape and regenerative agriculture with their financial contributions.

We are developing in the agroecological practice: vermicomposting, composting, biofertilizers and bio-stimulants, working the land with a minimum of soil mobilization. We have done soil analysis and will apply a series of rock powders that will benefit the soil structure and existing life. We have animals that integrate this system by their presence, with the manure we enrich the soil, and with Mimo (mule) we work the land with animal traction tools.

Beside the co-producers that occasionally visit us, we receive volunteers that help us working in the garden and agroforest.
To improve work efficiency, we make an effort to find manual and animal traction tools adapted to our reality: broadfork, tiller, scrapper, tridente

With this crowdfunding we are asking for your support to buy a greenhouse (8,5m*30m) with the total amount of 5000 euros

In case this amount is surpassed it will be invested in, by priority:
-25m3 of compost, total cost 1500 euros.
- Rock powders, acquired and incorporated this Autumn, total cost of 1500 euros.
- Jang Seeder, total cost 600 euros
- Wheelhoe Terrateck, aproximate cost 500 deoending in which acessories.

This project currently needs money for priority investments, yet it will always need help, affection and strength from all of you.

GRATITUDE!!!!!!!!!!!

Donations

 See top
  • El Rey Dom Sebastião 
    • €20 
    • 5 d
  • Diogo Ferraz 
    • €10 
    • 14 d
  • Alda Alves 
    • €50 
    • 21 d
  • Beatriz Sousa 
    • €10 
    • 21 d
  • Anonymous 
    • €250 
    • 24 d
See all

Organizer

Ana Rita Sousa 
Organizer
Mimosa, Santana, Portugal
  • #1 fundraising platform

    People have raised more money on GoFundMe than anywhere else. Learn more

  • GoFundMe Guarantee

    In the rare case that something isn’t right, we will refund your donation. Learn more

  • Expert advice, 24/7

    Contact us with your questions and we’ll answer, day or night. Learn more