Help desperate Moms with Funeral

Close your eyes and imagine that one day, you wake up and one of your loved ones just vanished in a foreign country. No warning, no clues, no “I’ll call you when I get back” – they’re just gone. You wait for a call, and none comes. You call his or her phone, and nobody answers. You check their Facebook page, and it has been deactivated. You stay up all night, frantically call everyone you know, and hope to find any small piece of information to let you know what is going on or where your loved one is, but nobody is able help you. Its as if the movie “Taken” has become your life. But unlike the agent in the movie with “a special set of skills”, you are poor and have no way to pay for a plane ticket to travel to the country where your daughters were last seen, a hotel to stay while you look, or hire an investigator to help you find her. You are half way around the world, and completely powerless. All you can do is sit by the phone with your stomach in knots, worry, cry, and imagine the absolute worst. Are they dead? Have they been abducted into human trafficking? The potential scenarios are horrific.
This is exactly what happened to Mrs. Solange Santana, of Campanario, Brazil when her two daughters Michele Santana Ferreira (28) and Lidiana Neves Santana (16), and their friend Thayane Milla Mendes (21) suddenly disappeared in Portugal with no explanation. They were living there with Michelle’s boyfriend (with whom she was 3 months pregnant), and in January 2016 their usual calls to their mother turned into text messages (that sounded odd, as if someone else was writing them), and then suddenly. . .all communication stopped and their Facebook pages disappeared. The last person to actually see Michele, Lidiana, and Thayane was Michelle’s boyfriend, Dinai Alves Gomes who fled Portugal and is under investigation by local authorities in Brazil. Despite leaving his former job and country suddenly, with no explanation and hiding afterwards, he claims to know nothing about their whereabouts and has never contacted Mrs. Solange, even though he knew how desperate Mrs. Solange was. With the clock ticking, and a runaway boyfriend avoiding her, it took TWO MONTHS of Mrs. Santana begging the Brazilian authorities for help before they finally decided to contact the International Police (Interpol) and initiate a search for her daughters. And even today, the Brazilian authorities, Portuguese authorities, and Interpol have given Mrs. Santana no answers, and they will not even discuss the case status with her on the phone. The only thing they have told her is one of the most horrifying things for a mother to hear about her missing daughters: “be prepared”. Unfortunately, Mrs. Santana is extremely poor and does not have the means – which will be significant - to travel to Portugal, pay for the assistance of a lawyer or private investigator, or do anything she needs to do to get answers or closure about what has happened to her daughters and their friend.
My name is Irene Souza Meira Aschenbach, my husband Bill and I live in Brookline Massachusetts. Mrs. Santana is an old, dear friend from my hometown in Brazil. I have been closely following her story since this horrible thing happened to her. When I reached out to comfort her she was desperate, had nowhere else to turn, and begged for any help at all. My husband and I can help with some, but not all of the expenses she’s likely to incur. So, I have decided to set up this GoFundMe account to help raise money to cover her travel to Portugal (and food and lodging while she’s there), legal and investigative fees, and God forbid, funeral expenses if our worst fears turn out to be true. Since Mrs. Santana lives outside the United States and GoFundMe does not have a payment partner in Brazil, we are acting on her behalf to raise and collect funds, and transfer them directly to her via Western Union.. In this case my husband and I will be the one in charge to send all the funds to Mrs. Santana. Let us assure you, we will send any and all money you donate directly to Ms. Santana in the hopes that she can find answers and hopefully, her daughters alive. Every little bit helps.
On behalf of Mrs. Santana and myself, thank you from the bottom of our hearts for your heartfelt compassion, prayers, and support.


Feche seus olhos e imagine que um dia, você acorda e um de seus entes queridos simplesmente desapareceu em um país estrangeiro. Sem aviso, sem pistas, sem um "Eu te ligo amanhã" - eles simplesmente desaparecem. Você espera por uma ligação, e ninguém liga. Você liga para o telefone deles, e ninguém responde. Você verifica a página deles no Facebook, e ela está desativada. Você fica acordado a noite toda, freneticamente liga para todos que você conhece, e espera encontrar qualquer pequeno pedaço de informação para que você saiba o que está acontecendo ou onde estão seus amados, mas ninguém é capaz de ajudá-lo. É como se o filme "Busca implacável"(versão brasileira) tivesse se tornado real. Mas, ao contrário do agente no filme com "um conjunto especiais de habilidades", você é pobre e não têm como pagar por um bilhete de avião para viajar para o país onde suas filhas foram vistas pela última vez, um hotel para ficar enquanto você procura por elas, ou contratar um investigador para ajudá-lo a encontrá-las. Você está sozinho no mundo, e completamente impotente. Tudo o que você pode fazer é sentar-se ao lado do telefone com o seu estômago em nós, preocupado, em prantos, e imaginar absolutamente o pior. Será que elas estão mortas? Será que elas foram sequestradas em um desses tráfico de seres humanos? Os cenários possíveis são terríveis.
Isto é exatamente o que aconteceu com a Sra. Solange Santana, de Campanário, Minas Gerais, Brasil, quando suas duas filhas Michele Santana Ferreira (28) e Lidiana Neves Santana (16), e a amiga delas, Thayane Milla Mendes (21) de repente desapareceram em Portugal, sem nenhuma explicação. Elas estavam vivendo lá com o namorado da Michelle (que estava grávida de 3 meses), e em Janeiro de 2016 suas ligações habituais para a mãe se transformaram em mensagens de texto (que soavam estranhas, era como se alguém estivesse escrevendo por elas), e então de repente; toda a comunicação entre elas parou e a página do Facebook delas desapareceram. A última pessoa a ver, na verdade, Michele, Lidiana e Thayane foi o namorado de Michelle, Dinai Alves Gomes que está sendo investigado pelas autoridades locais brasileiras.Apesar de ter deixado seu antigo emprego e ter ido embora para o Brasil de última hora sem dar nenhuma explicação e depois se esconder, ele alega não saber nada sobre o paradeiro das meninas e também nunca entrou em contato com a Sra. Santana, embora soubesse o quanto ela está desesperada por não ter notícias das filhas. Com o relógio correndo, e um namorado fugitivo que a evita, foram precisos 2 meses de muito implorar para que as autoridades Brasileiras decidissem ajudar a Senhora Santana, finalmente eles resolveram entrar em contato com a Polícia Internacional (Interpol) e iniciar uma busca pelas filhas dela. Até hoje, as autoridades brasileiras, as autoridades portuguesas e a Interpol não deram à Sra. Santana muitas informações , eles nem sequer discutem a posição do caso com ela pelo telefone. A única coisa que eles disseram a ela e que é uma das coisas mais terríveis para uma mãe ouvir sobre suas filhas desaparecidas foi: " Fique preparada!”
Infelizmente, a Sra. Santana tem condições financeiras muito baixas e não tem meios suficientes para arcar com as despesas - que serão bem significativas –como viajar para Portugal,pagar a assistência de um advogado ou investigador privado, ou fazer qualquer coisa que ela precisa fazer para obter respostas ou finalmente saber o que aconteceu com suas filhas e a amiga delas.
Meu nome é Irene Souza Meira Aschenbach, eu e meu marido Bill moramos em Brookline, Massachusetts. A Sra. Santana é uma querida amiga, lá da minha cidade natal no Brasil, e eu tenho acompanhado de perto a história dela desde que esta coisa horrível aconteceu com ela.Quando eu entrei em contato com ela para confortá-la, ela estava desesperada, sem saber o que fazer, ela me disse que precisava de ajuda, qualquer tipo de ajuda. Meu marido e eu podemos ajudar com algumas coisas, mas não com todas as despesas que ela provavelmente terá. Vendo o sofrimento dessa mãe, eu decidi criar essa conta no GoFundMe para ajudar a arrecadar dinheiro para cobrir as despesas que ela terá com a viagem a Portugal ( alimentação e alojamento enquanto ela estiver por lá), taxas legais e de investigação, e Deus permita que não,mas também com as despesas de funeral se um dos nossos piores receios vier a acontecer.Como a Sra. Santana vive fora dos Estados Unidos e o GoFundMe não tem um parceiro de pagamento no Brasil, estamos agindo em nome dela para arrecadar e retirar as doações, e transferi-las diretamente a ela através da Western Union . Neste caso, meu marido e eu estaremos encarregados de enviar todos os fundos para a Sra. Santana. Queremos desde já assegurar a todos os doadores que, iremos enviar qualquer e todo o dinheiro que você doar diretamente para a Sra. Santana na esperança de que ela possa encontrar respostas e,com fé em Deus, encontrar suas filhas vivas. Qualquer quantia vai ajudar.
Em nome da Sra. Solange Santana e eu, agradeço do fundo do nosso coração pela sua sincera compaixão, orações e apoio.

Donations (0)

  • Prix-Fix lunch / Campanha da marmit... 
    • $3,490 (Offline)
    • 36 mos
  • Geralda Campbell e Filhos 
    • $100 (Offline)
    • 37 mos
  • Amigos do Freddy 
    • $250 (Offline)
    • 37 mos
  • Marcelo Valter 
    • $22 (Offline)
    • 37 mos
  • Junia Ribeiro 
    • $10 
    • 37 mos

Organizer 

Irene Isabella Meira 
Organizer
Brookline, MA
  • #1 fundraising platform

    People have raised more money on GoFundMe than anywhere else. Learn more

  • GoFundMe Guarantee

    In the rare case that something isn’t right, we will refund your donation. Learn more

  • Expert advice, 24/7

    Contact us with your questions and we’ll answer, day or night. Learn more