Ajuda-nos a Voar / Help us to fly

In a small village into Portugal when 3 young brothers live (Cristina, 26 years old, and twins Miguel and Sérgo, 20 years old), who live with their parents. These young people suffer from a rare, progressive neurodegenerative disease that causes muscle atrophy, Friedreich's Ataxia!
Cristina found a stem cell treatment, made in Thailand, which had positive results, although she knew it was not a cure, just an improvement, but something very important.
After so many negative responses by the state and hospital services in Portugal, the Young Girl who has been in a wheelchair for 7 years, decided to create a page asking for help.
"Help Me Fly" is the page, which received insults and wanted to accuse her and even threatened the girl and said they would put her in court. Fortunately the young woman did not give up, was hard and always received negative responses from companies she asked for help, but with small donations, events, gifts and a campaign of caps and caricas managed to reach 40 thousand euros, with that amount paid treatment, accommodation , food and travel. It brought improvements, but when he got home, he faced a lack of access to physical therapy, and services "devalue" the treatment he had just done.
He should be treated a few more times, but he saw how his brothers got worse almost suddenly and the priorities changed. She has put her health aside and is now asking her brothers for help to fly to Thailand and receive stem cells, and as the disease is in its "early stages", the results will be better.
In addition to treatments, they are looking for sponsorships or car dealerships that can get a car adapted because the family has no car for travel and is complicated, and public transport is not adapted.
Your house has become small, with no space for 3 wheelchairs, so ask for help in this regard too. Cristina asks for all your cooperation and calls for all the motard groups in the country to join this cause, collecting the caps and caricas in your region and make them come to us.
It seems a sad story, but it is a cruel reality, can you imagine how great are the pains of close relatives, without possessions to help their loved ones?
Can you remain indifferent to this cruel reality?
Help this cause.
No interior do Baixo Alentejo, pertencente ao distrito de Beja e concelho de Serpa, há uma pequena aldeia que faz fronteira com Espanha, Vila Verde de Ficalho.
Nessa aldeia vivem 3 jovens irmãos (Cristina, de 26 anos, e os gêmeos Miguel e Sérgio, de 20 anos), que vivem com os pais. Estes jovens sofrem de uma doença rara, neurodegenerativa progressiva que causa atrofia muscular, Ataxia de Friedreich!
A Cristina encontrou um tratamento com células estaminais, feito na tailândia, cujos resultados eram positivos, embora soubesse que não era uma cura , apenas uma melhoria, mas algo já muito importante.
Depois de tantas respostas negativas pelo estado e serviços hospitalares em Portugal, a Jovem que já está em cadeira de rodas há 7 anos, decidiu criar uma página a pedir ajuda.
"Ajuda-me a Voar" é a página, que recebeu insultos e queriam acusa-la e chegaram a ameaçar a jovem e a dizer que a iriam colocar em tribunal. Felizmente a jovem não desistiu, foi duro e recebia sempre respostas negativas pelas empresas às quais pedia ajuda, mas com pequenas doações, eventos, brindes e uma campanha de tampinhas e caricas conseguiu alcançar os 40 mil euros, com esse valor pagou o tratamento, alojamento, alimentação e deslocações. Trouxe melhorias, mas quando chegou a casa, deparou-se com a falta de acessos á fisioterapia, além dos serviços "desvalorizarem" o tratamento que acabara de fazer.
Devia fazer tratamento mais algumas vezes, mas viu como os seus irmãos pioraram quase repentinamente e as prioridades mudaram. Ela colocou a sua saúde de lado e agora está a pedir ajuda para os seus irmãos voarem até à Tailândia e receberem as células estaminais, e como a doença está no "inicio", os resultados vão ser melhores.
Para além de tratamentos, procuram patrocínios ou stands de automóveis que consigam um carro adaptado, pois a familia não possui carro para deslocações e é complicado, e os transportes publicos não estão adaptados.
A sua casa tornou-se pequena, sem espaço para 3 cadeiras de rodas , então pedem ajuda tambem nesse aspeto. A Cristina pede toda a vossa colaboração e apela para que todos os grupos motard do país se juntem a esta causa, recolhendo as tampinhas e caricas na vossa região e as façam chegar até nós.
Parece uma triste história, contudo é uma cruel realidade, conseguem imaginar o quão grandes são as dores dos familiares mais próximos, sem posses para ajudar os seus entes?
Consegue ficar indiferente a esta realidade cruel?
Ajude esta causa.

IBAN – PT50 0045 6258 4029 3942 5722 0
BIC/SWIFT - CCCMPTPL
Nome da conta – Cristina Alexandra Gonçalves Lifôro

Ajuda-me a Voar
Cristina Lifôro

Donations ()

  • Graça Sousa 
    • €50 
    • 4 d
  • Anonymous 
    • €15 
    • 4 d
  • Anonymous 
    • €10 
    • 4 d
  • Sara Silva 
    • €5 
    • 4 d
  • Francisco Antunes  
    • €5 
    • 4 d
See all

Organizer

Cristina A. Gonçalves 
Organizer
Vila Verde de Ficalho, Resende, Portugal
  • #1 fundraising platform

    People have raised more money on GoFundMe than anywhere else. Learn more

  • GoFundMe Guarantee

    In the rare case that something isn’t right, we will refund your donation. Learn more

  • Expert advice, 24/7

    Contact us with your questions and we’ll answer, day or night. Learn more